Publicado por: lucianonanzer | segunda-feira, 3 março 2008 - 10:48 PM

TRE-RS já julgou 23 ações de infidelidade partidária em 2008

Ao longo dos dois primeiros meses deste ano, o Pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) deu início à análise dos 148 pedidos de decretação de perda de mandato eletivo por infidelidade partidária.

 
Até o final da sessão plenária que ocorreu na última quinta-feira (28), às 17h, os magistrados já haviam julgado 23 processos.
Destes, 18 foram extintos, por não se enquadrarem nos termos da Resolução TSE 22.610/2007, e 5 foram julgados procedentes, determinando a imediata cassação dos mandatos dos vereadores Jorge Alberton, de Garibaldi, Adair Gonçalves, de Unistalda, Sérgio Rossato, de Fortaleza dos Valos, José Marialdo Palhano, de Charrua, e Rosângela Nader, de Encruzilhada do Sul. Eles perderam seus assentos nas Câmaras do interior gaúcho por terem trocado de partido depois do dia 27 de março de 2007, data-limite fixada por Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Fonte: Tribunal Superior Eleitoral – www.tse.gov.br


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: