Publicado por: lucianonanzer | segunda-feira, 13 outubro 2008 - 7:30 PM

Aplicando o quociente eleitoral no resultado das eleições em Guariba

Abaixo vou detalhar os cálculos da distribuição das cadeiras de vereadores segundo o resultado das eleições de 5 de outubro.

1ª operação: Determinar o de votos válidos, deduzindo do comparecimento os votos nulos e os em branco (art. 106, § único do Código Eleitoral e art. 5º da Lei 9504 de 30/09/97).

Comparecimento 22.703

Votos em branco 400

Votos nulos 1.715

=

Votos válidos 20.588

2ª operação: Determinar o quociente eleitoral, dividindo-se os votos válidos pelos lugares a preencher (art. 106 do Código Eleitoral). Despreza-se a fração, se igual ou inferior a 0,5, arredondando-a para 1 se superior.

Votos válidos

22.588

÷

de cadeiras

9

=

2.287,55

=

Quoc. Eleitoral

2.288

Guariba teve as seguintes coligações:

Coligações

Votos Nominais

Votação Legenda

Total de

Votos

PSC/DEM/PSDB

3.789

757

4.546

PTB/PDT

3.172

939

4.111

PMDB/PSB

3.972

115

4.087

PR/PV

3.236

79

3.315

PPS/PP

2.729

134

2.863

MELHOR CAMINHO PT

1.577

89

1.666

3ª operação: Determinar os quocientes partidários, dividindo-se a votação de cada partido (votos nominais + legenda) pelo quociente eleitoral

(art. 107 do Código Eleitoral). Despreza-se a fração, qualquer que seja.

Coligações

Votação

Quociente Eleitoral

Quociente Partidário

PSC/DEM/PSDB

4.546

÷ 2.288 = 1,98

= 1

PTB/PDT

4.111

÷ 2.288 = 1,79

= 1

PMDB/PSB

4.087

÷ 2.288 = 1,78

= 1

PR/PV

3.315

÷ 2.288 = 1,44

= 1

PPS/PP

2.863

÷ 2.288 = 1,25

= 1

PT

1.666

÷ 2.288 = 0,72

= 0 *

Total = 5 (sobram 4 vagas a distribuir)

* O Partido dos Trabalhadores não alcançou quociente eleitoral, não concorrem à distribuição de lugares (art. 109, § 2º, do Código Eleitoral).

Nesta primeira fase se tem a distribuição das cadeiras pela média, ou seja, para cada 2.288 votos a coligação colocaria um vereador, porém nenhuma delas conseguiu colocar 2 vereadores no primeiro cálculo.

Agora passa-se à distribuição das cadeiras pelas maiores sobras, onde se divide o total de votos pelo número de cadeiras obtidas na primeira divisão mais um.

4ª operação: Distribuição das sobras de lugares não preenchidos pelo quociente partidário. Dividir a votação de cada partido pelo de lugares por ele obtidos + 1 ( art. 109, I do Código Eleitoral). Ao partido que alcançar a maior média, atribui-se a 1ª sobra.

Coligações

Votação

Lugares + 1 ÷

Médias

PSC/DEM/PSDB

4.546

÷ 2 (1+1)

= 2.273,0 – 1ª. sobra

PTB/PDT

4.111

÷ 2 (1+1)

= 2.055,5

PMDB/PSB

4.087

÷ 2 (1+1)

= 2.043,5

PR/PV

3.315

÷ 2 (1+1)

= 1.657,5

PPS/PP

2.863

÷ 2 (1+1)

= 1.431,5

5ª operação: Como há outra sobra, repete-se a divisão. Agora, a coligação beneficiada com a 1ª sobra, já conta com 2 lugares, aumentando o divisor para 3 (2+1) (art. 109, II, do Código Eleitoral)..

Coligações

Votação

Lugares + 1 ÷

Médias

PSC/DEM/PSDB

4.546

÷ 3 (2+1)

= 1.515,3

PTB/PDT

4.111

÷ 2 (1+1)

= 2.055,5 – 2ª. Sobra

PMDB/PSB

4.087

÷ 2 (1+1)

= 2.043,5

PR/PV

3.315

÷ 2 (1+1)

= 1.657,5

PPS/PP

2.863

÷ 2 (1+1)

= 1.431,5

 

6ª operação: Como há outra sobra, repete-se a divisão. Agora, o partido beneficiada com a 2ª sobra, já conta com 2 lugares, aumentando o divisor para 3 (2+1) (art. 109, II, do Código Eleitoral).

Coligações

Votação

Lugares + 1 ÷

Médias

PSC/DEM/PSDB

4.546

÷ 3 (2+1)

= 1.515,3

PTB/PDT

4.111

÷ 3 (2+1)

= 1.370,33

PMDB/PSB

4.087

÷ 2 (1+1)

= 2.043,5 – 3ª. Sobra

PR/PV

3.315

÷ 2 (1+1)

= 1.657,5

PPS/PP

2.863

÷ 2 (1+1)

= 1.431,5

7ª operação: Como há outra sobra, repete-se a divisão. Agora, a coligação beneficiada com a 3ª sobra, já conta com 2 lugares, aumentando o divisor para 3 (2+1) (art. 109, II, do Código Eleitoral).

Coligações

Votação

Lugares + 1 ÷

Médias

PSC/DEM/PSDB

4.546

÷ 3 (2+1)

= 1.515,3

PTB/PDT

4.111

÷ 3 (2+1)

= 1.370,3

PMDB/PSB

4.087

÷ 3 (2+1)

= 1.362,3

PR/PV

3.315

÷ 2 (1+1)

= 1.657,5 – 4ª. Sobra

PPS/PP

2.863

÷ 2 (1+1)

= 1.431,5

OBS: No exemplo acima, a 7ª operação eliminou a última sobra. Nos casos em que o número de sobras persistir, prosseguem-se os cálculos até que todas as vagas sejam distribuídas.

COLIGAÇÕES

NÚMERO DE CADEIRAS OBTIDAS

pelo quociente partidário

pelas sobras

total

PSC/DEM/PSDB

1

1

2

PTB/PDT

1

1

2

PMDB/PSB

1

1

2

PR/PV

1

1

2

PPS/PP

1

0

1

PT

0

0

0

TOTAL

5

4

9

Assim ficaram com as vagas de Vereadores:

PSC/DEM/PSDB:
     DR FRANCISCO – MÉDIA
     FLAVIO MADURO – 1a. SOBRA
PTB/PDT:
   
VALDEVINO DA BOCHA – MÉDIA
     MARCOS OSTI – 2a. SOBRA
PMDB/PSB:
   
ROBERTO CARÓSIO – MÉDIA
     NILTON VARELLA – 3a. SOBRA
PR/PV:
     DR. PEDRO CARLOS – MÉDIA  
     ZÉ CARIOCA – 4a. SOBRA
PPS/PP:
     NILZA DO CIBALENA – MÉDIA

O Blog do Luciano é um espaço aberto a todos que queiram deixar suas opiniões, fique a vontade deixando a sua e vendo as dos demais clicando logo abaixo em comentários.


Responses

  1. Muito boa sua explicação Luciano, valeu!!! Só me esclareça uma dúvida, se acaso o recurso do Cássio for aceito e ele assumir, qual dos candidatos eleitos saem? Obrigado!

  2. como pode o zé carioca perdeu a vaga para um ficha suja nossas leis proteje pessoas de má indole


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: