Publicado por: lucianonanzer | segunda-feira, 18 outubro 2010 - 11:16 PM

Matéria sobre as empregadas domésticas de Guariba publicada no Jornal “Folha de São Paulo”

Faxineiras lotam ônibus para trabalhar em Ribeirão

DE RIBEIRÃO PRETO

Durante seis dias da semana, cerca de 440 domésticas de Guariba acordam às 4h30. Elas viajam de ônibus, muitas vezes em pé, por uma hora e meia até chegar a Ribeirão. Trabalham até as 16h, para depois enfrentarem mais uma longa viagem em um dos sete ônibus lotados.
Com a mecanização da colheita da cana, muitos trabalhadores rurais perderam o emprego nas usinas da região de Guariba. Sem opção, buscaram cidades vizinhas, como Ribeirão, onde encontraram salários maiores do que os de Guariba.
A doméstica Maria Aparecida de Oliveira, 32, trabalha há cinco anos em Ribeirão e diz que já se acostumou com a rotina das viagens diárias.
Por falta de emprego, a Prefeitura de Guariba subsidia 50% do valor do passe para que as trabalhadoras tenham oportunidade de emprego fora da cidade. Segundo a prefeitura, o valor do passe diário é de R$ 8,68. O gasto anual é de R$ 500 mil.

Anúncios

Responses

  1. Acredito que a prefeitura de Guariba pode e tem condições de bancar as viagens das domestica e não pagar so metade, porque nunca vi nenhum desses politicos ai se esforçando para trazer um empresa grande pra nossa cidade, será que as usinas nao deixam?

    • Idenilson,

      O maior problema é que aparentemente não existe um planejamento de apoio à instalação de indústrias em Guariba. O Distrito Industrial é realidade, porém é dominado pelas Caldeirarias e afins que empregam um número pequeno de pessoas. Outro detalhe é que essas metalurgicas necessitam de mão de obra especializada e às vezes os empresários tem que recorrer a mão de obra de outras cidades ao mesmo tempo que a mão de obra da cidade vai para outros municípios, pois não há centros de formação prática na cidade. Seria necessário oferecer incentivos fiscais principalmente à empresas que possam empregar mulheres como indústrias texteis ou montagens manuais. Estes tipos de empresas absorvem um grande número de pessoas com uma remuneração mediana. É uma solução a se pensar.
      Outra coisa ruim é o transporte pago ou subsidiado feito por uma única empresa. O monopólio desta empresa é ruim, pois não temos escolha, não tem pedágio daqui para Ribeirão e a passagem normal é mais cara que de Jabotical a Ribeirão que tem 2 pedágios e praticamente a mesma distância.
      A prefeitura imagina que as pessoas que trabalham em Ribeirão gastam em Guariba. 90% do que gasto com produtos ou serviços eu gasto em Ribeirão. Sabendo comprar, lá o preço é menor e alguns serviços de melhor qualidade com melhor preço e condições de pagamento melhores.
      Sem contar que muitas pessoas com melhor formação estão se mudando para Ribeirão, pois o mercado imobiliário tem novidades.

      Nossa cidade é pequena, mas pode se tornar um bom lugar para se viver, basta os governantes locais mostrarem para que se elegeram.

  2. Olha, na lei orgânica do município não consta que a prefeitura deve pagar o valor integral do passe. Aliás, nas outras cidades da região, as prefeituras não pagam nem 10%. De que adianta o prefeito bancar tudo, como era feito no governo passado, e não trazer nada para a cidade. Guariba está chiea de obras, inclusive a nova fase do distrito industrial já é uma realidade.
    Ao olhar a foto, realmente dá dó das pessoas, mas não adianta darmos o peixe. Temos que ensinar o povo a pescar. Assistencialismo não leva ninguém pra frente. Temos que gerar emprego na cidade, capacitar a mão de obra existente, criar cursos técnicos (aqueles que futuramente se convertem em emprego) e incentivar os analfabetos funcionais a votarem a estudar. Alías, a prefeitura tem politicas públicas nessa área. O que eu acho que a prefeitura deveria fazer é fiscalizar melhor a empresa que transporta as domésticas e exigir que sejam disponibilizados ônibus suficiente para todas viajarem sentadas. Cabe a Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho mostrar serviço…………….

  3. Nossa região de Ribeirão Preto hoje está vivendo num momento de transformação indústrial causado pelo crescimento de nossa população migratória originárias do Nordeste e Minas Gerais e também pela mecanização da agricultura como diz a reportagem. Acredito ser um natural desenvolvimento metropolitano em que estamos vivendo interligando cada vez mais cidades vizinhas à grandes polos regionais como Ribeirão Preto e Sertãozinho. Guariba por sua vez está se tornando uma cidade dormitório onde muitos irão viver e muitos irão trabalhar nas cidades vizinhas. Caso parecido e comum em nosso estado como em Campinas, Vale do Paraíba, Região de Sorocaba, Grande São Paulo e agora em nossa região de Ribeirão Preto. A diferença está na infra instrutura de nossa região que não é boa ainda. Hoje temos falta de mais ônibus suburbanos, faculdades e escolas tecnológicas para profissionalização da população e má condições de rodovias e vias rurais asfaltadas como atalho viário. O que temos hoje é muito pouco para nossa população que cresce cada vez mais com a migração.

    Precisamos de pensamentos avançados para nossa população e esquecer aquela pacata idéia de que dependemos apenas de Usinas e Safras para viver, produzindo novos recursos tecnológicos, comércios obtendo progresso de nosso próprio intelectual ganhando melhor meio de vida com o trabalho de nossa gente. Os ônibus em Guariba que transportam trabalhadores para Ribeirão Preto não está bom. Pois garanto à vocês que as mulheres empregadas preferem muito trabalhar em Ribeirão Preto durante horas de jornada em ônibus do que enfrentar canaviais com aquela roupa suja em sol e chuva ao cortar cana num trabalho considerado por muitas organizações no mundo um trabalho primitivo e semi escravo, onde por isso a organização das nações unidas pressionou o antigo governo Lula à mecanização da cana de açúcar no Brasil.

    As Usinas de nossa região estão se mecanizando tornando-se multi nacional com empresários europeus e capital extrangeiros mudando assim como nós também devemos mudar e isso principalmente deve se partir dos prefeitos e vereadores de nossa região para o nosso próprio desenvolvimento.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: